<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d17740096\x26blogName\x3dMurtog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://murtog.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://murtog.blogspot.com/\x26vt\x3d-9075988469102890239', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Livro: Bill Gates X Bill Gates

Acabo de ler o livro "Bill Gates X Bill Gates", da editora Globo. O livro é bem escrito, felizmente. O conteúdo dele não se atrela a coisas geeks, e sim, à própria vida de Bill, que é interessante, principalmente depois do "bum" da Microsoft no mercado.

Incrível o fato de que a Microsoft só ser o que é hoje porque a IBM permitiu que o MS-DOS, desenvolvido pela Microsoft para o microcomputador da IBM, ficasse sobre a posse da própria Microsoft. Não foi um erro da IBM. Na época ninguém pensava que uma empresa dirigida por alguns adolescentes no comando cresceria tanto.

Pouco tempo depois a IBM resolve criar o OS/2, ainda em cooperação com a Microsoft. As duas empresas se desentendem e a IBM acaba criando o OS/2 sozinha (sem muita dedicação, diga-se de passagem) e a Microsoft vai criar o Windows e com ele dominar o mercado.

Relatei essa parte porque isso demonstra o interesse da IBM no Linux: ele é o sistema operacional bom que eles não criaram e que agora veio "de graça".

Vou parar por aqui. Chega. Enfim, recomendo muito a leitura do livro, para apaixonados ou não em informática. A técnica de se balançar na cadeira para obter concentração é muito boa, já adotei ela.
« Home | Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »

» Postar um comentário